Redescubra Paraty como opção de turismo

O Destino Paraty, considerado Patrimônio Cultural e Natural Mundial da Unesco, e estrategicamente localizada entre dois importantes destinos emissores de turistas – Rio e São Paulo – aposta em seus atrativos naturais para ganhar a preferência dos turistas que retomam suas viagens no cenário de pandemia.

Em dezembro, chegar ao destino ficou mais fácil. A boa notícia é que a cidade passará a receber voos da Azul Conecta direto do aeroporto de Congonhas a partir do dia 17 de dezembro, no projeto Verão Azul Conecta. O objetivo é estimular o turista a fazer viagens aéreas que normalmente eram feitas via terrestre. Para Paraty, a companhia oferece um voo diário de Congonhas às 14h40, chegando em Paraty às 15h45 e um vôo Paraty – Congonhas saindo às 16h10 e chegando na capital paulista às 17h15.

Quem está no Rio de Janeiro também poderá ir voando até Paraty a partir de 19 de dezembro. A Azul também oferecerá saídas do Santos Dumont de quarta a domingo, com um horário por dia, entre 11h40 e 12h50, e retorno nos mesmos dias, saindo de Paraty entre 13h e 14h10.

Além das praias paradisíacas, entre os atrativos locais, a cidade de Paraty tem seu Centro Histórico tombado e considerado pela Unesco como conjunto arquitetônico colonial mais harmonioso do Brasil. E a programação não para por aí.

No próximo final de semana, entre os dias 4 e 6 de dezembro, a cidade colonial recebe a segunda edição do Festival Gastronômico de Paraty, com o desafio de realizar um evento híbrido, com aulas online e degustações nos restaurantes locais, que planejam pratos mais que especiais, desenvolvidos durante o workshop sensorial e degustativo sobre o tema selecionado para esta edição.

Onde se hospedar:

Localizada nas proximidades da Praça da Matriz, a Pousada Porto Imperial oferece 43 apartamentos confortavelmente equipados e decorados com peças típicas do universo cultural brasileiro, como cerâmicas, tapeçarias, móveis coloniais, antiguidades e obras de artistas paratienses. Seu jardim temático reúne 70 espécies tropicais. Datado de 1804, o casarão que sedia a pousada foi um entreposto comercial, já abrigou o primeiro teatro da cidade e recebeu, inclusive, um baile em homenagem à Independência do Brasil. A Pousada Porto Imperial está em atividade no local desde 1978.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *