Você sabe como alimentar seu gato corretamente?

Veterinária da Hill’s Pet Nutrition, Brana Bonder, dá dicas para fazer o manejo certo da alimentação dos felinos

São Paulo, julho de 2018 – Quando se passa a ter um animal de estimação em casa, logo no primeiro momento o tutor prioriza a compra de brinquedos, da casinha e de um alimento que atenda as necessidades de saúde do pet, porém, muitas vezes, acabam esquecendo de questionar sobre a quantidade correta da alimentação para cada espécie.

Os gatos, por exemplo, são os que mais sofrem com essa conduta. “É muito comum os tutores não controlarem a quantidade oferecida de alimento ao gato. Por mais que o animal consuma pequenas quantidades ao longo do dia, é importante mensurar o volume fornecido para prevenir a obesidade e monitorar a ingestão alimentar. Outro erro comum é deixar a caixa de areia na mesma área na qual se encontram as tigelas de água e comida. Isso pode interferir no consumo alimentar do gato ou o animal pode até mesmo evitar de urinar no local, o que aumenta a chance de desenvolver doenças do trato urinário”, explica Brana Bonder, médica-veterinária da Hill’s Pet Nutrition.

O jeito certo

Para garantir que o felino seja alimentado de uma forma correta, o indicado é oferecer o alimento específico para fase de vida em pequenas porções com quantidades mensuradas várias vezes ao dia. “Este manejo imita o comportamento natural de caça”, acrescenta a veterinária. A médica reforça que em cada fase de vida o animal possui diferentes necessidades nutricionais. “O gato filhote, por exemplo, precisa de um alimento que tenha maior teor de proteína e gordura, se comparado ao gato adulto. Essas particularidades devem ser respeitadas”.

Outro ponto que não deve ser esquecido é ofertar o alimento em tigelas/pratos rasos para que os bigodes não toquem as laterais. Além disso, não esqueça de fornecer água limpa e fresca. “Em casas multigatos, o ideal é que cada pet tenha sua própria “estação” de água e alimento em local calmo”, explica.

Levando em consideração esse cenário, a Hill´s Pet Nutrition preza por equilíbrio nutricional em todas as fases de vida do gato. “Nossos alimentos têm complexo de antioxidantes com benefícios comprovados, ingredientes de alta qualidade e fácil digestão, que contribuem para a condição corporal ideal, manutenção da saúde da pele e pelagem brilhante”, finaliza.

Por isso, não se esqueça de sempre conversar com o médico-veterinário para fazer o manejo alimentar correto para seu felino.

Sobre a Hill´s Pets Nutrition

A Hill’s Pet Nutrition dá seguimento à tradição em cuidados com os animais iniciada em 1939 por um veterinário notável. Nossos alimentos Prescription Diet™ e Science Diet™ oferecem a mais alta qualidade em nutrição para cães e gatos que existe. Estamos fazendo diferença na vida das pessoas e de seus animais no mundo inteiro.

As linhas de alimentos da Hill’s™ surgiram em 1939. O Dr. Mark L. Morris Sr. acreditava que certas doenças de animais de companhia poderiam ser tratadas por meio de uma nutrição cuidadosamente elaborada. Suas ideias foram visionárias na medicina veterinária, e ele logo pode comprovar sua teoria.

Um jovem cego, chamado Morris Frank, perguntou ao Dr. Morris se alguma coisa poderia ser feita para ajudar seu cão-guia, Buddy, que estava com alterações renais. O resultado do esforço do Dr. Morris foi a formulação nutricional do que viria a ser o primeiro produto terapêutico da linha Hill’s Prescription Diet e o primeiro alimento de animais de companhia no mundo desenvolvido para a saúde renal. Pouco tempo depois, a Hill’s Pet Nutrition foi fundada e o campo da nutrição terapêutica ganhou vida. Aquele primeiro alimento terapêutico evoluiu para Hill’s™ Prescription Diet™ k/d™, que é vendido até hoje.
Colaboração de: Mayla Tauany
Jornalista e assessoria de imprensa – MTB 84650/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *