Petz alerta sobre a importância da vacinação de cães e gatos.

Para marcar o mês de agosto, data tradicional no calendário de vacinações dos pets, rede de pet shop orienta sobre as doses que devem ser aplicadas a partir dos 45 dias de vida dos bichinhos

Manter a vacinação em dia de cães e gatos não é só um ato de amor, mas também de cidadania. A afirmação é da veterinária Karina Mussolino, gerente de clínicas da Petz, que aproveita agosto, conhecido como mês do cachorro louco, para alertar sobre a importância das vacinas. Além da prevenção, ao vacinar os pets, as pessoas colaboram para evitar que doenças como a raiva voltem a ser uma ameaça. No caso de São Paulo, segundo o Centro de Zoonoses, não há registro da doença em humanos e em cães e gatos desde 1982 e 1984, respectivamente.

“A vacinação é uma forma de proteger toda a família e essencial para a qualidade de vida do pet. Além da raiva, é importante vacinar os cães e gatos todos os anos contra doenças como a cinomose, parvovirose, giárdia, gripe e dirofilariose”, orienta a Dra. Karina. Uma dica para não esquecer é aplicar as doses sempre na mesma data que deverá ser repetida anualmente ou associar a uma dia importante, como o do aniversário. Outra estratégia é anotar e guardar a carteirinha de vacinação sempre no mesmo lugar.

Quando vacinar

A partir dos 45 dias, cães e gatos devem receber as primeiras doses. Depois do primeiro ano, o cãozinho precisa ser vacinado anualmente com uma dose de cada vacina, incluindo a V8 ou a V10 (contra cinomose, hepatite infecciosa canina, adenovírus canino tipo 2, parainfluenza canina, parvovírus canino e leptospirose), a gripe canina, giárdia e antirrábica. Os gatos também devem receber a V4 (contra a panleucopenia, rinotraqueíte, calicivirose e clamidiose) e a raiva anualmente.

‘Cachorro louco’

As campanhas de vacinação contra a raiva costumavam ser realizadas em agosto. Hoje, as cidades fazem o controle durante todo o ano, mas ficou a fama de “mês do cachorro louco”. Uma das explicações mais populares para ela é que, por causa das condições climáticas desta época do ano, aumenta a concentração de fêmeas no cio, o que deixa os machos mais vulneráveis às brigas e ao contágio da doença.

Sobre a Petz

Depois de um processo intenso de reformulação, que firmou a marca Petz no mercado e modernizou a estrutura e o conceito de suas lojas, a rede de pet shop segue com um plano expressivo de expansão. Com o objetivo de se posicionar entre as cinco maiores operações mundiais do mercado pet até 2020, a marca investe na sua ampliação desde 2014, tendo aberto sete novas lojas no Brasil em 2015, outras 12 em 2016 e 17 em 2017.

Atualmente, o grupo é o maior do Brasil em número de lojas, somando 70 no País – em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal – onde reúne tudo o que os bichinhos de estimação precisam para uma vida com qualidade em um só lugar. Destacando os espaços Petz Estética e Petz Veterinário, as lojas da rede contam com profissionais especializados nos serviços de banho e tosa e na medicina veterinária – capazes de cuidar da saúde e da higiene dos pets da melhor forma.

Cada loja conta com mais de 20 mil itens para o bem-estar dos bichinhos, entre alimentos, acessórios e brinquedos; além de uma farmácia veterinária completa, onde o cliente pode encontrar o que for necessário para os tratamentos indicados pelos especialistas do Petz Veterinário.

Divididas nos mundos Safári (com aves e roedores, entre outros pets), Aquarismo, Cães e Gatos, as unidades da Petz permitem que o consumidor tenha mais proximidade com os bichinhos – podendo se divertir ao observá-los e decidir qual o mais apropriado para se tornar parte da família. Além disso, a rede também conta com o espaço Petz Garden nas suas lojas, destacando uma variedade de flores e plantas.

Criada pelo empresário Sergio Zimerman em 2002, sob o nome de Pet Center Marginal, a rede conta, ainda, com um centro veterinário exclusivo na Avenida Pacaembu, 1.140, em São Paulo. Com equipamentos de última geração e uma equipe de médicos veterinários das mais variadas especialidades, o espaço reúne pronto-socorro, centro cirúrgico, exames laboratoriais e internação com espaço para que a família do pet o acompanhe durante o período em que necessita de atenção especial.
ColABORAÇÃO: Mayla Tauany
Jornalista e assessora de imprensa MTB: 84650/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *