“Outros Sons de Carnaval”, do Grupo EP, traz programação com música instrumental

Serão seis apresentações transmitidas diretamente no canal oficial do portal de notícias ACidade ON

Legenda: Outros Sons do Carnaval – Crédito: Divulgação

Nem tudo é batucada, purpurina e confete. O projeto Outros Sons de Carnaval oferece ao público uma opção diferente de trilha sonora justamente na semana do carnaval. A primeira edição do evento acontece nos dias 18, 19 e 20 de fevereiro. Serão duas apresentações por dia, com duração de uma hora cada, transmitidas diretamente no canal oficial do portal de notícias ACidade ON. A classificação indicativa é livre, ou seja, dá para a família toda curtir.

Com o propósito de difundir a música instrumental e de captar recursos para os artistas que perderam renda durante a pandemia, a programação do projeto será composta por apresentações inéditas e performances já realizadas em outros eventos. Outros Sons de Carnaval vai contar a história de diversos instrumentos e artistas que têm papel importante na inserção de crianças e adolescentes ao mundo instrumental.

Outros Sons de Carnaval é um projeto da Lei Aldir Blanc e ProAC, com realização do Governo Federal, Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura, do Governo do Estado de São Paulo – por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa – e da O.A. Eventos, empresa de eventos do Grupo EP, e transmissão do portal de notícias ACidade ON.

Confira a programação completa:

(*Programação sujeita a alterações)

18/02/2021 – QUINTA-FEIRA – 19h

Apresentação Grupo Sax Supera

18/02/2021 – QUINTA-FEIRA – 20h

Apresentação Grupo Anelo 6Teto

19/02/2021 – SEXTA-FEIRA – 19h

Apresentação Grupo Banda Flor

19/02/2021 – SEXTA-FEIRA – 20h

Apresentação Grupo Mistura de Temperos

20/02/2021 – SÁBADO – 19h

Apresentação Grupo Vocal do Instituto Anelo

20/02/2021 – SÁBADO – 20h

Apresentação Grupo Baião Anelo

Sobre as apresentações:

SAX SUPERA

Quinteto de saxofones formado no Instituto Anelo que apresenta arranjos originais de um ampla gama de gêneros e estilos: música popular brasileira, pop, funk, temas consagrados de filmes, animações e novelas. O grupo surge em 2015 através do fundador do Anelo, Luccas Soares, que reuniu vários dos saxofonistas envolvidos com a instituição em um único quarteto. Assim o grupo se apresentou em eventos na região da cidade de Campinas. 

ANELO 6TETO

Grupo inicialmente criado em 2019 para representar o Instituto Anelo no Standard Bank National Youth Jazz Festival, festival sul africano de música, como parte da programação dedicada à música brasileira. Foi uma das atrações com maior público do evento e ainda realizou workshops para os alunos do festival. Em edições passadas o festival já contou com de nomes de peso da música instrumental brasileira como Trio Corrente, Michel Pipoquinha, Mestrinho, entre outros.

BANDA FLOR

Surgida em 2020, a Banda Flor é formada exclusivamente por mulheres ligadas ao Instituto Anelo, com o intuito ocupar um espaço na cena musical além de trazer à tona a representatividade da mulher na música. Seu repertório compõe-se de arranjos e adaptações instrumentais de temas da música popular brasileira, do jazz norte americano bem como composições autorais. Destaque para  Lamento Sertanejo – Gilberto Gil, Drão – Gilberto Gil e Caetano Veloso, Ponta de Areia – Milton Nascimento, Feira de Mangaio – Sivuca, Água da Minha Sede – Zeca Pagodinho, entre outras.

MISTURA DE TEMPEROS

O Mistura de Tempero vem se apresentando em bares e centros culturais da cidade de Campinas e região, além de fazer parte dos grupos artísticos do Instituto Anelo, organização sem fins lucrativos localizada no bairro Jardim Florence na cidade de Campinas – SP, que oferece aulas gratuitas de música à comunidade.

GRUPO VOCAL DO INSTITUTO ANELO

Com o intuito de homenagear Tim Maia, um dos maiores nomes da música brasileira, o grupo vocal do Instituto Anelo reúne quatro cantores e dois instrumentistas.

Com o intuito de homenagear Luiz Gonzaga, o Instituto Anelo trará uma releitura de suas músicas que, além dos vocais, traz diversos instrumentos.

O Instituto Anelo é uma associação sem fins lucrativos que oferece aulas gratuitas de música na região do distrito do Campo Grande, em Campinas (SP). Fundado em 2000, é hoje um projeto intergeracional que atende uma média de 500 alunos por ano. Para saber mais: anelo.org.br.

Sobre o Grupo EP

Grupo EP é formado por empresas dos setores de mídia (EP Mídia – EPTV, sites Globo e ACidade ON, rádios CBN e Jovem Pan, OA Eventos e participação na Rede Bahia), agronegócio (EP Agro – Ester Agroindustrial, empresa centenária do setor sucroalcooleiro controlada pela mesma família) e investimentos digitais e de tecnologia (EP Ventures), além do Instituto EPTV, responsável pelas ações de responsabilidade social do grupo.

EP Mídia é formada por um conglomerado de mídia fundado pela família Coutinho Nogueira em Campinas (SP), há 41 anos, e com atuação nas regiões de Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), Central (SP) e Sul de Minas. Fazem parte as emissoras de TV e afiliadas da Globo: EPTV Campinas, EPTV Ribeirão, EPTV Central e EPTV Sul de Minas e sites Globo. Além da atuação em TV, o Grupo EP marca presença no rádio: CBN Ribeirão, CBN Araraquara, CBN São Carlos e Jovem Pan Ribeirão. Neste portfólio multiplataforma do Grupo EP fazem parte também o portal ACidade ON, com foco no hiperlocalismo, e a empresa de eventos Oceano Azul. Este conglomerado de mídia alcança mais de 12 milhões de telespectadores e representa 7,07% do consumo de todo o país. (Fonte: Cobertura EPTV 2020 | IPC Maps 2020). 

O Grupo EP tem também participação societária na Rede Bahia. 

Grupo EP – Credibilidade é tudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *