Marciano Inimitável e Anthony Carrera juntos em dueto emocionante

Foto divulgação

O cantor romântico teve o prestígio de dividir uma canção inédita com uma das grandes lendas da música sertaneja, em memória

Foi no dia, 13 de novembro, o mercado fonográfico será presenteado com uma grande surpresa. Uma obra inédita do saudoso cantor Marciano Inimitável está disponível nas plataformas digitais e Youtube, pela Radar records.

A música se chama “Na hora do adeus”, e é uma versão feita pelo próprio cantor Marciano, em parceria com sua esposa Alexandra: “Esta canção é muito especial, ninguém esperava que fossemos lançá-la ainda, então é uma grande surpresa, uma calorosa surpresa para todos! É como manter aceso e ainda assim, reacender todo o legado do Inimitável” conta ela.

A novidade é que na faixa acontece um dueto muito especial, entre o sertanejo e Anthony Carrera, cantor romântico que vem conquistando os corações apaixonados a cada lançamento que apresenta ao público

Sobre a gravação Anthony comenta: “Quantos cantores gostariam de estar no meu lugar? Incontáveis! Eu estou com uma enorme gratidão por ter sido o escolhido para cantar com o Inimitável, mesmo que com o auxílio da tecnologia”.

A produção da faixa foi toda feita pelo maestro Rodrigo Costa, o produtor que sempre acompanhou Marciano em vida e tem feito todos os trabalhos de Anthony. Orquestrado, com musicalidade, o trabalho trará um pouco do que marciano foi em vida e, certamente, agradará os apreciadores da boa música romântica e sertaneja.

Acompanhe o cantor para conhecer cada vez mais de seu trabalho em suas mídias sociais: @anthonycarreraoficial

Ouça

Assista:

Na hora do adeus (versão: Marciano/ Alexandra Sperate)

Na hora do adeus, amor não diga nada

Saber pra onde vai dói mais que teu silêncio

Na hora do adeus, não invente palavras

Nem demonstre que de mim tem pena

Feche a porta e se quiser apenas

Volte atrás, despede-se de mim

Do jeito que eu mereço

Dá-me só um beijo e o último carinho

Finge que no fundo seu grande amor sou eu

Deita aqui comigo nesses lençóis de linho

E faz pensar que ainda me quer

Na hora do adeus

Na hora do adeus, amor não diga nada

Saber pra quem se vai, faz maior o meu tormento

Na hora do adeus não procure mentiras

Nem demonstre que de mim tem pena

Feche a porta e se quiser apenas

Volte atrás, despede-se de mim

Do jeito que eu mereço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *