Elba Ramalho participa do show da Nathalia Bellar & Trio Dibuiá em homenagem a Jackson do Pandeiro dia 18

Na próxima quarta-feira, dia 18, Nathalia Bellar & Trio Dibuiá farão um show super especial em homenagem ao centenário de Jackson do Pandeiro. No palco, eles receberão a participação da cantora Elba Ramalho e prometem reforçar a identidade da música nordestina como uma das principais expressões artísticas do Brasil.

No repertório, os artistas apresentarão novas roupagens em jazz, samba funk e muito groove, além de arranjos sofisticados com o objetivo de resgatar e vestir canções do Rei do Ritmo. “A música nordestina é a expressão máxima das ideias e do cotidiano de um povo. Que honra a nossa em poder revisitar a poesia e a peculiar sonoridade de artistas como Jackson do Pandeiro, Luiz Gonzaga e Dominguinhos! Melhor ainda é transformar essas canções através de releituras que as aproximam das tantas linguagens que existem espalhadas pelo mundo. Dia 18, no Teatro Sesi, o forró de Seu Jackson do Pandeiro vai virar funk e o coco vai virar capoeira!”, comenta Nathalia Bellar.

Serviço:
Data: 18 de outubro
Horário: 20h
Local: Teatro do SESI – Avenida Paulista, 1313 (dentro do Centro Cultural FIESP)
Ingressos: Gratuito. Reservas antecipadas pelo https://www.sesisp.org.br/meu-sesi. E os ingressos remanescentes serão distribuídos 15 minutos antes do show na bilheteria do teatro.
Formação: Voz: Nathalia Bellar | Guitarra: Toni Silva | Contrabaixo: Max Mozart | Bateria: Gilson Machado | Percussionista: Guegué Medeiros

Saiba mais:
Em 2017, a cantora e compositora Nathalia Bellar iniciou um projeto despretensioso com o Trio Dibuiá, formado na época por Toni Silva (produtor e guitarrista), Daniel Pina (baixo acústico) e Dennis Bulhões (bateria), cuja proposta era ressignificar em arranjos rítmicos universais, como o jazz, soul, samba, funk e muito groove, canções do cancioneiro nordestino, com presença marcante no repertório de mestres como Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Sivuca, Jackson do Pandeiro, entre outros. O nome se inspira na expressão nordestina “debulhar”, separar os grãos ou retirar da casca.

Logo de início, pela autenticidade e universalidade que as roupagens sonoras ganharam, foram convidados para uma estréia na TV Câmara, no programa Talentos Brasil. Oficialmente estreava, em janeiro/2018, o projeto Nathalia Bellar & Trio Dibuiá. De lá para cá, o Trio Dibuiá passou por algumas alterações e integrou a sua atual formação com o baterista Gilson Machado e o baixista Max Mozart, o que possibilitou ainda mais inovações rítmicas, com o incremento no repertório de canções da MPB temperadas com nuances musicais que vão do rock and roll a pitadas de coco de roda, ciranda e maracatu rural.

Em seu histórico de apresentações, destacam-se: Festival Caminhos do Frio (Alagoa Nova/PB), Festival de Jazz & Blues Sivuca (Itabaiana/PB), no Centro Cultural FIESP (São Paulo/SP), na programação Domingo na Paulista (março/2019) e, recentemente, realizaram o show Tributo à Jackson do Pandeiro, no palco principal do Festival Jackson do Pandeiro, realizado pela FUNESC (Fundação José Lins do Rego), pelo governo do Estado da Paraiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *