Solidariedade: Campanha na internet reúne depoimentos que viram alimentos

Inspirar e ajudar a quem precisa. Essa é a proposta de uma campanha desenvolvida por uma incorporadora de Goiânia. Mensagens de vídeo ou por escrito, respondendo a pergunta “Qual o seu lugar no mundo?” são transformadas em doações para entidades assistenciais, como o Cevam, em Goiânia, que atende mulheres vítimas de violência doméstica

Depoimentos para inspirar e ajudar a quem precisa. Essa é a proposta de uma campanha social desenvolvida pela GPL Incorporadora nas redes sociais, para arrecadar alimentos para o Centro de Valorização da Mulher – o Cevam -, que fica em Goiânia; e a Creche Anjo da Guarda – Obra Dom Orione, em Aparecida de Goiânia.

Cada depoimento postado por escrito ou em vídeo valerá um quilo alimento não perecível, que será doado a essas instituições. Para a campanha, a GPL Incorporadora desenvolveu um hotsite exclusivo, onde os internautas postam seus textos ou vídeos respondendo a seguinte pergunta: “Qual o seu lugar no mundo?”. O endereço eletrônico para envio das mensagens é oseulugarnomundo.com.br. Por meio do site é possível acompanhar em tempo real o que já foi arrecadado, bem como conferir os depoimentos de quem aderiu à campanha.

“A ideia da campanha é que, ao responder qual o seu lugar no mundo, a pessoa possa parar um pouco para refletir sobre como ela está ocupando o seu lugar aqui na Terra, quais seus sonhos e propósitos de vida, e ao mesmo em que ela faz isso, ajuda a melhorar a vida de alguém. Por isso enfatizamos que um depoimento é igual a um alimento”, explica o sócio-diretor da GPL Incorporadora, Guilherme Pinheiro. O objetivo da campanha é chegar à marca de, pelo menos, meia tonelada, ou seja, 500 quilos.

Também sócio-diretor da GPL Incorporadora, Ricardo Reis observa que todo ser humano possui dentro de si o desejo latente de descobrir seu lugar ou seu chamado na participação da vida no universo. “E a campanha traz justamente essa proposta, da missão de cada um na Terra e como cada indivíduo ocupa o mundo”, salienta.

O gerente comercial Thallys Gualberto Luis ficou sabendo da campanha por meio de amigos e logo abraçou a causa. Para ele, nos tempos atuais, de tantas desigualdades e intolerâncias, a solidariedade se torna ainda mais essencial, pois é uma forma de combater as maldades e desumanidades e trazer ao mundo e às pessoas um pouco mais de esperança. Em resposta a pergunta feita pela campanha, Thally em seu depoimento disse: “Meu lugar no mundo é simplesmente marcar a vida das pessoas ao meu redor de uma maneira muito positiva e especial, mostrando a elas que cada um tem o seu papel”.

Entidades

A Creche Anjo Da Guarda – Obra Dom Orione é uma obra de caridade pertencente a Congregação Orionita – Pequena Obra da Divina Providência através da Paróquia Nossa Senhora Rosa Mística. Está localizada em Aparecida de Goiânia, no Bairro Independência Mansões, e acolhe crianças de 2 a 6 anos de idade. Possui caráter assistencial e filantrópico oferecendo inicialização à educação infantil por meio do desenvolvimento de vários projetos formativos e ainda assistência médica, odontológica, psicológica e nutricional. Atualmente são atendidas mais de 80 crianças, que permanecem na Creche em período integral e recebem quatro refeições por dia, sendo, café da manhã, lanche, almoço e jantar.

Para uma das responsáveis da creche, Lorena Fernandes, o mundo virtual permite que fronteiras sejam diminuídas e até eliminadas, principalmente quando é para ajudar as pessoas. “Isso permite com que as pessoas se conectem e criem vínculos. Permite ainda que boas ideias se transformem em ações”, ressalta. Segundo ela, a cada novo depoimento pode se considerar não somente a partilha material, mas principalmente, o alimentar de sonhos e o reavivar da esperança de tantas crianças e famílias carentes que serão atingidas por este gesto.

A outra entidade beneficiada será o Centro de Valorização da Mulher (Cevam), uma entidade de utilidade pública, sem fins lucrativos que tem como objetivo principal a implantação de programas e ações preventivas e mitigadoras do cenário de risco e vulnerabilidade social contra as mulheres, em especial no que diz respeito à violência doméstica. Além de um trabalho preventivo, a instituição também adota ações de urgência e emergência.

O centro busca assistir e garantir os direitos das mulheres, seus filhos, crianças ou adolescentes, quando estão em situação de violência. São prestados, portanto, assistência social, psicológica e jurídica. Também está entre os seus objetivos a promoção de estudos sobre a condição feminina em Goiás, mobilização das mulheres em uma frente ampla contra a violência, as discriminações e os preconceitos e a luta pela eliminação de leis que inferiorizam a mulher.

Uma das diretoras do Cevam, Maria das Dores Dolly Soares, afirma que a trajetória da instituição é marcada por lutas, conquistas e perseverança buscando romper o ciclo de violência que assola o Estado e o País. Ela aponta, inclusive, um dado alarmante, do Instituto de Pesquisa Aplicada (Ipea), em que Goiás aparece em segundo lugar como o pior lugar para as mulheres viverem. “A campanha chegou em boa hora, principalmente por estar nos ajudando a garantir com que possamos ter as nossas portas abertas 24 horas. Estamos aqui na torcida, porque tenho certeza de que o virtual vai ajudar, e muito, o real. E o real é garantir o Cevam de portas abertas”, enfatiza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *